Jogo do Santos do dia 14/01/2014

Não valia vaga para pegar o Barcelona, nem havia Neymar vestindo a camisa 11, mas o Santos fez sua parte na Copa São Paulo e eliminou o Kashiwa Reysol, assim como no Mundial de Clubes de 2011, na noite desta terça-feira, com uma goleada por 4 a 0.
O placar, maior do que o alcançado no Japão há mais de dois anos (3 a 1), garantiu o time paulista nas oitavas de final da competição sub-20, em que enfrentará o Grêmio Osasco - que eliminou a Portuguesa também nesta terça.
O resultado mantém na competição os atuais campeões, ao mesmo tempo que não tira do Kashiwa Reysol a posição de dono da melhor campanha da história de um time estrangeiro na Copinha: foi o único time não-brasileiro a vencer pelo menos duas partidas e também a passar da primeira fase.
 
No duelo realizado na Vila Belmiro - que começou com alguns minutos de atraso devido à uma forte chuva em Santos, que causou um apagão no estádio -, o time da casa se viu surpreendido pelo estilo de jogo dos japoneses, de toque e posse de bola, e se viu envolvido e pressionado em diversos momentos da partida.
 
Porém, o Kashiwa pouco finalizou ao gol de João Paulo. E o Santos pôde se dar ao luxo de ter menos posse de bola porque, logo aos três minutos, abriu o placar com Stéfano Yuri, de cabeça, após escanteio. Ainda na primeira etapa, aumentou o placar com Serginho, camisa 10 do time, de sem pulo, após rebote em novo escanteio.
 
Na segunda etapa, o Santos optou por controlar o jogo e pouco atacou, lembrando muito o jogo do Mundial de 2011. Naquela ocasião, porém, o Kashiwa chegou a diminuir para 2 a 1 na 2° tempo. Dessa vez, não foi o caso: Jorge Eduardo acertou belo chute colocado, de esquerda e de fora da área, aos 9 min., e Daniel Guedes, também de longe, finalizou a goleada, aos 38 min.
 
Resta saber se a equipe da Baixada Santista, desta vez, avançará mais na competição após um jogo contra o Kashiwa, ou se, para sorte do Grêmio Osasco, a vitória sobre o time japonês será a última antes de uma dolorosa derrota, como foi para o Barcelona há dois anos.


Copa São Paulo


Campeonato Francês

Campeonato Espanhol


Dentre outros